Dores do Rio Preto contra o Aedes Aegypti

por Prefeitura publicado 12/03/2016 16h40, última modificação 16/03/2016 08h43
Secretaria de Saúde mobiliza outras secretarias para combater o mosquito da dengue.
Dores do Rio Preto contra o Aedes Aegypti

Dores do Rio Preto contra o Aedes Aegypti

A Secretaria Municipal de Saúde vem trabalhando no município com muitas ações de prevenção, educação em saúde e orientação da população, com total apoio da prefeitura e todas as secretarias.

Nos dias 03 e 04 de fevereiro foi realizado o MUTIRÃO CONTRA A DENGUE, com abertura no Centro Multiuso com palestra para os profissionais de saúde focando nos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes Comunitários de Endemias, que são os elos de ligação entre a população e a atenção básica, e maiores multiplicadores de informação em saúde. Dando andamento no mutirão, foi feito entrega de panfletos, vistoria nas casas e coleta de lixo nas ruas e nas casas, a panfletagem se estendeu para a BR 482.

No dia 13 de fevereiro aconteceu o “Dia D contra a dengue”, com entrega de panfletos e orientação da população. Já no dia 15 de fevereiro, com o objetivo de atender a população e também para unir todo o município, a prefeita Claudia Bastos convocou todos os secretários para uma reunião, onde foi pedido o apoio de todas as secretarias, para que seja feita vistoria semanal nos prédios da prefeitura, orientação dos funcionários e trabalho em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde. Já como resultado dessa reunião, no dia 17 de fevereiro, as coordenadoras do ESF e da vigilância epidemiológica, junto com a secretária de saúde em exercício e o secretário de educação reuniram-se para planejar ações de educação em saúde nas escolas. 

Dores do Rio Preto hoje possui poucos casos de dengue, mas o trabalho não pode parar porque estamos atravessando um momento de epidemia na região, e apenas com o trabalho 

em conjunto da Secretaria de Saúde e todos os outros setores da prefeitura, com a colaboração da população é que diminuiremos os casos, até ficarmos livres do mosquito que transmite a dengue,o Zika vírus e Chikungunya, que podem causar sequelas ou até levar a morte.

registrado em: