Novembro Azul

por Prefeitura Municipal de Dores do Rio Preto — publicado 31/10/2015 21h40, última modificação 05/11/2015 13h38
A prefeitura Municipal de Dores do Rio Preto, através da Secretaria Municipal de Saúde apoia o movimento intitulado Novembro Azul, que pretende alertar e conscientizar os homens brasileiros sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Novembro Azul é o nome dado ao movimento internacional criado para a conscientização a respeito do câncer da próstata. Novembro foi escolhido como mês oficial de conscientização, pois 17/11 é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. O "Azul” veio da cor oficial usada como símbolo de combate à doença.

No Brasil, o Novembro Azul foi criado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, com o objetivo de quebrar o preconceito masculino de ir ao médico e, quando necessário, fazer o exame de toque. Desde o início a campanha nacional de combate ao câncer de próstata vem superando todas as expectativas.

Em 2014, o Instituto realizou 2.200 ações em todo o Brasil, com a iluminação de pontos turísticos (como Cristo Redentor, Congresso Nacional, Teatro Amazonas, Monumento às Bandeiras), adesão de celebridades (Zico, Emerson Fittipaldi, Rubens Barrichello), ativações em estádios de futebol, corridas de rua e autódromos, além de palestras informativas, intervenções em eventos populares e pedágios nas estradas. Até na Times Square a campanha chegou. Toda essa iniciativa fez com que, hoje, a campanha já faça parte do calendário nacional de campanhas de prevenção no Brasil.

Sobre o Câncer de Próstata

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa cerca de 20 gramas, de forma e tamanho semelhantes a uma castanha. Ela localiza-se abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma.

Estatísticas

O câncer de próstata é o tumor mais frequente no sexo masculino, ficando atrás apenas dos tumores de pele, e o sexto tipo mais comum no mundo segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer).

A cada seis homens, um é portador da doença. A estimativa do INCA é de que, por ano, 69 mil novos casos sejam diagnosticados, um caso a cada 7,6 minutos.

Diagnóstico

A doença pode demorar a se manifestar, exigindo exames preventivos constantes para não ser descoberta em estágio avançado e potencialmente fatal. Os exames consistem na dosagem sérica do PSA e no exame de toque retal, que são complementares, pois cerca de 20% dos casos não são detectados pelo PSA.

Fatores de Risco

A recomendação é que homens a partir de 50 anos procurem um urologista para realizar os exames preventivos anualmente. Indivíduos com história familiar de câncer de próstata, da raça negra, sedentários e obesos devem iniciar a prevenção a partir dos 45 anos, pois possuem maior risco de desenvolver a doença.

Prevenção

Quando diagnosticada precocemente as chances de cura da doença são de, aproximadamente, 90%.

Novembro azul, cuidar da saúde também é coisa de homem.

Fonte: Novembro azul