Primeiro Casamento homoafetivo é realizado com a ajuda do CRAS

por Prefeitura publicado 12/05/2016 18h05, última modificação 27/05/2016 09h24

Mais um Casamento Social aconteceu na cidade de Dores do Rio Preto, promovido pelo Centro de Referencia da Assistência Social (CRAS). Eventos como este são ofertados à população rio-pretense pela Prefeitura Municipal e Secretaria Municipal de Assistência Social. No último dia 30 de abril, o CRAS realizou a primeira união homoafetiva da cidade. Kristina e Josimar já viviam juntas, mas com a ajuda do Casamento Social, puderam oficializar a união em uma cerimônia no Cartório de Registro Civil local, com a presença de familiares e amigos.


O ato civil foi gratuito para o casal, fruto de uma parceria entre a Prefeitura Municipal, Secretaria Municipal de Assistência Social, CRAS e Cartório, com objetivo de promover a regularização jurídica de casais que ainda não têm a união oficializada, legitimando a vida conjugal, promovendo a inclusão social.

A Prefeitura Municipal de Dores do Rio Preto busca promover a igualdade entre todos os cidadãos. De acordo com a Resolução n° 175, o casamento entre pessoas do mesmo sexo é regulamentado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) desde 2013 no Brasil.